Qual a melhor pasta de dente com carvão ativado?
05/10/2021
Carvão ativado para ferida e machucado
19/10/2021

Carvão ativado + óleo essencial: benefícios e como usar

Muitas pessoas confundem o carvão ativado com o carvão normal que utilizamos para fazer churrasco.

Porém, apesar de ambos serem carvões, eles são diferentes.

O carvão ativado é proveniente da queima de alguns tipos de madeira, como cortiça e outras cascas.

Além disso, ele também pode ser feito a partir de cascas de coco.

Essa queima acontece entre 800º e 1000º.

Tais valores são altos justamente para que não ocorra a queima total e a perda da principal qualidade desse elemento: a porosidade.

Por conta dela, o carvão ativado é comparado a uma esponja.

É dessa forma que esse elemento apresenta propriedades importantes tais quais a adsorção e a de desintoxicação.

Sendo assim, nos últimos anos, o carvão ativado ganhou espaço e se tornou uma tendência no mercado.

No setor de beleza, ele se destacou e hoje faz parte da rotina de cuidados de muita gente.

Entretanto, será que é uma boa misturar esse elemento com outros ingredientes?

O que será que acontece se misturarmos carvão ativado com óleo essencial?

Quer saber mais sobre? Acompanha a leitura com a gente!

Argila com carvão ativado – benefícios e como usar

Benefícios de usar carvão ativado

Tanto no cabelo quanto na pele, o carvão ativado consegue proporcionar muitos benefícios.

Vamos conhecer alguns destes?

No cabelo

  • Combater à oleosidade
  • Ajudar no crescimento capilar
  • Remover cutículas mortas do couro cabeludo
  • Promover limpeza profunda dos fios
  • Ser usado como matizador natural

Na pele

  • Controla a oleosidade
  • Reduz o tamanho dos poros
  • Proporciona limpeza profunda da pele
  • Aumenta a efetividade de cremes
  • Deixa a pele mais macia, limpa e brilhosa

O que é óleo essencial?

Assim como o carvão ativado, os óleos essenciais também ganharam uma repercussão maior no mercado nos últimos anos.

Isso porque ambos os produtos naturais passaram a se destacar ainda mais.

O óleo essencial é uma substância natural, volátil, concentrada e destilada da essência que as plantas produzem.

Sendo assim, ele pode ser encontrado em folhas, caules, flores, raízes e cascas.

Por conta disso, existe uma variedade grande deles.

No geral, eles podem:

  • Acalmar
  • Cicatrizar
  • Atuar como analgésicos
  • Ser usados como anti-inflamatórios
  • Agir como inseticida
  • Funcionar como repelente
  • Melhorar o sono

Porém, existem óleos essenciais que proporcionam benefícios próprios.

Por exemplo, o óleo essencial de lavanda é capaz de:

  • Reduzir o estresse
  • Ajuda a melhorar dor de cabeça
  • Relaxa os músculos
  • Facilita o sono
  • Promove a digestão
  • Age com antisséptico
  • Atua como antibacteriano

Já o óleo essencial de alecrim:

  • Melhora a memória
  • Promove o rejuvenescimento facial
  • Combate infecções
  • Previne cáries
  • Ajuda na indigestão
  • Estimula o crescimento do cabelo
  • Alivia dores de cabeça
  • Melhora a circulação

Também chamado de tea-tree, o óleo essencial de melaleuca:

  • Desinfecta feridas
  • Melhora a acne
  • Trata fungos das unhas
  • Elimina o excesso de caspa
  • Age como inseticida
  • Previne o mau hálito

Escolhemos três óleos essenciais conhecidos apenas para mostrar a diversidade de ações desse produto.

Eles são aliados para melhorar a nossa qualidade de vida.

No entanto, é importante saber as funcionalidades de cada um antes de usa-los.

No mais, os óleos essenciais podem ser utilizados de diferentes formas como:

  • Aromatização de ambientes
  • Massagens
  • Compressas
  • Aplicação no cabelo
  • Uso na pele
  • Inalação

Carvão ativado com óleo essencial: funciona?

Diariamente, estamos expostos à agentes que contribuem para deixar a nossa pele e os nossos fios com aspectos não tão saudáveis.

Por isso, cuidar deles é essencial.

E não só para a saúde física, mas também para melhorar a autoestima e, consequentemente, a saúde mental.

Para algumas pessoas, usar só o carvão ativado não resolve.

Sendo assim, elas misturam com outros ingredientes que podem fazer ainda mais a diferença. Como é o caso dos óleos essenciais.

Misturar carvão ativado com óleo essencial não faz mal.

Na verdade, a mistura de ambos os elementos pode potencializar as ações de cada um.

Então, caso queira, é super válido experimentar a funcionalidade dos dois juntos.

Se você não sabe como fazer isso, não tem problema: ensinaremos o que você precisa saber para tratar os fios de cabelo e a pele usando carvão ativado com óleo essencial.

Como utilizar carvão ativado com óleo essencial?

No cabelo

No cabelo, uma ótima alternativa é você fazer o seu próprio shampoo caseiro com carvão ativado.

Para isso, você vai precisar de:

  • Sabonete líquido de castela
  • Carvão ativado em pó
  • Água
  • Óleo essencial de alecrim

Vamos ao passo a passo?

  1. Em um recipiente, coloque uma xícara de sabonete líquido de castelã e acrescente uma colher e meia (sopa) de carvão ativado em pó, um quarto de água filtrada e duas gostas de óleo essencial de alecrim
  2. Misture todos os ingredientes até formar uma consistência
  3. Transfira essa mistura para um frasco de shampoo vazio e limpo
  4. Na hora do banho, passe essa mistura na hora do shampoo normal e massageie fazendo movimentos circulares
  5. Deixe agir por cinco minutos
  6. Enxágue e tire toda a mistura
  7. Finalize como normalmente você faz

Na pele

Tanto para peles mais oleosas quanto para peles mais normais, o carvão ativado e o óleo essencial podem ser utilizados juntos.

As máscaras faciais devem ser feitas com:

  • 2 Cápsulas de carvão ativado
  • Gel de Aloe Vera
  • 2 gotas de Óleo essencial*

*Para a pele normal, deve ser utilizado o óleo essencial de lavanda. Já, em peles acneicas, a mistura deve ser feita com óleo essencial de melaleuca (tea-tree)

Vamos ao passo a passo?

  1. Em uma tigela, coloque o conteúdo das cápsulas de carvão e acrescente duas colheres (chá) de gel de Aloe Vera e uma ou duas gotas do óleo essencial (lavanda ou melaleuca)
  2. Misture tudo até que forme uma consistência uniforme
  3. Aplique uma camada fina no rosto
  4. Deixe secar por 10 a 20 minutos
  5. Após esse tempo, retire toda a mistura do rosto lavando com água morna

Se você apresentar algum sintoma de alergia ao carvão ativado ou à óleos essenciais, não indicamos a realização de nenhum desses tratamentos.

Hidratação com carvão ativado: quais os benefícios? Como fazer?

E aí, você já misturou carvão ativado com óleo essencial?

Conta pra gente o que achou

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *