Carvão ativado na gravidez
Carvão ativado tem validade?
21/07/2021
Kombucha detox: benefícios e como fazer
05/08/2021

Carvão ativado para plantas funciona?

carvão ativado nas plantas

Cuidar de plantas e colocá-las em casa é ótimo. Além de esteticamente, elas são importantes para a umidificação e limpeza do ar.

Porém, elas também exigem vários cuidados como a rega.

É importante molhar regularmente dependendo do tipo de planta que você tenha.

Às vezes, no entanto, acabamos deixando cair mais água do que deveria, não é?

É preciso ficar alerta, pois isso pode prejudicar e até matar nossas plantas.

Para evitar que fiquem inundadas de água e também para prolongar a vida delas, uma dica bem bacana é o uso de carvão ativado.

Sim, isso mesmo.

Você pode estar estranhando, mas o carvão ativado pode trazer benefícios para as plantas.

Por isso, hoje, vamos abordar mais sobre esse assunto.

Ficou curioso? Então segue a leitura com a gente!

Benefícios do carvão ativado em plantas

Diferentemente do carvão de churrasco, o carvão ativado é oriundo da queima de certos tipos de madeira.

Esse processo acontece em temperaturas muito altas.

E, justamente, por isso, o carvão ativado é muito leve e extremamente poroso.

Assim, ele consegue ficar parecendo uma esponja.

Por essas razões, o carvão ativado tem certas propriedades como a adsorção e desintoxicação que podem fazer a diferença em diferentes áreas. Como em aquários.

Na jardinagem, isso não é diferente.

Por ter esse efeito de filtragem, o carvão ativado atua como uma camada de proteção para as plantas.

Dessa forma, controla o nível de água e age tal qual um dreno já que retém os nutrientes necessários para elas.

Além do carvão ativado também ser importante para afastar cheiros desagradáveis e combater insetos, ele consegue facilitar a proliferação de micro organismos que podem ser benéficos ao solo. Assim como, remove impurezas.

Muitos benefícios, não? Mas será que o carvão normal, o de churrasco, também funciona?

Carvão de churrasco x carvão ativado nas plantas

carvão ativado nas plantas

Sabendo que o carvão ativado é benéfico para as plantas, muitas pessoas se questionam se o carvão normal também serve.

E a resposta é sim!

Na verdade, não o carvão em si.

Sabe quando você acaba o churrasco e ainda sobra aquela grande porção de cinza? Pois bem, agora você já sabe o que fazer com ela.

As cinzas também são excelentes para adubar plantas.

Obviamente, elas têm condições ideias para serem utilizadas.

A primeira delas é: só reutilize o carvão que estava na churrasqueira se não estiver com sal ou com gordura.

Se tiver, tente limpar e use somente se estiver em pouca quantidade.

Caso dê para reutilizar, preste atenção na segunda condição.

E a segunda é: nada de cinzas quentes ou em brasa. Espere elas esfriarem para usar como adubo.

No caso dos restos de carvão e das cinzas, o ideal é que eles não entrem em contato diretamente com o caule, folhas e flores.

O recomendado é aplicar somente sob a terra.

Fazendo isso, misture com o substrato ao redor da planta. A distribuição dos nutrientes acontecerá com a irrigação.

Assim como o carvão ativado, as cinzas também são boas para combater insetos e outros organismos que podem prejudicar a vida das plantas.

Dessa forma, ela também age como um grande repelente natural.

Bom, agora que você já sabe disso, nada de jogar fora as cinzas depois do churrasco no domingo, hein?

Se você não sabe como colocar nas plantas, não precisa se preocupar. Estamos aqui pra isso.

Como usar carvão ativado nas plantas?

carvão ativado nas plantas

Após ler os muitos benefícios do carvão ativado para a saúde das suas plantas, é compreensivo a empolgação em querer testar o mais rápido possível.

O processo não é nenhum bicho de sete cabeças.

Em relação ao carvão ativado, é simples: você pode coloca-lo na última camada, isto é, no fundo do vaso para que consiga ter um efeito mais eficiente.

Entretanto, se você tiver o carvão em si, é necessário que você comece a parti-lo em pequenos pedaços.

Após esse processo, triture-o até que ele fique em um formato de pó.

Nesse caso, você vai colocar o carvão como cobertura no vaso de planta.

Se você for utilizar as cinzas, preste atenção! Não precisa derrubar toda a cinza na sua planta.

O ideal é pouca quantidade. Coloque espalhado e misture com a terra.

Quando fizer isso, é importante reparar constantemente se a sua planta se acostumou ou não com as cinzas.

Para complementar o adubo, você pode misturar com farinha de casca de ovos que a combinação traz resultados positivos para a saúde da sua planta.

Ah, é importante lembrar que esse adubo deve ser utilizando dependendo da sua planta.

Veja, como o carvão ativado é muito poroso e adsorve e filtra a água e as impurezas, é necessário que a sua planta não precise de umidade para se desenvolver.

Por exemplo, as orquídeas, normalmente, precisam de umidade para crescer.

Então, não tem tanta lógica usar o carvão como substrato.

Gostou desse artigo?

Já usou carvão ativado ou cinzas como adubo?

Se sim, compartilhe conosco sua experiência 😊

Maria Eduarda C.
Maria Eduarda C.
Estudante de Letras e redatora :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *