Como usar carvão ativado para o fígado!

Facebook
WhatsApp
Twitter

Fim de junho está chegando e, antes tarde que nunca: você curte uma boa festa junina?

Típica do mês de junho, como o nome indica, esse festejo é recheado de comidas deliciosas.

Bolos, licores, milho, amendoim, pamonha, canjica, mugunzá e tanto outros pratos.

Dessa maneira, não é tão incomum passarmos dos limites em relação à alimentação e bebida.

Quando acontece, ficamos sem saber o que fazer para aliviar o mal-estar ou eventuais dores.

Nesse contexto, um medicamento aliado e potente é o carvão ativado.

Mas como usar carvão ativado para o fígado e melhorar a disposição em uma pós-festa?

Caso queira saber mais sobre assunto tão importante, acompanha o texto com a gente!

Carverol para diarreia e gases: saiba como usar!

Tudo que você precisa saber sobre carvão ativado para o fígado

Carvão ativado: o que é?

Você já ouviu falar em carvão ativado? Embora também seja um tipo de carvão, o ativado – ou ativo, como queira chamar – costuma ser um material bem diferenciado.

Isso porque ele é, antes de tudo, proveniente de uma combustão de diversas espécies de madeira.

Mas, para além dessa característica, a queima dos mais diferentes tipos de madeira acontece em temperaturas bem elevadas: podendo ser de 800ºC a 1000ºC.

É, dessa maneira, então, que o carvão ativado não consegue perder a sua principal qualidade: a sua porosidade.

Essa porosidade, inclusive, é o que faz chamar atenção de todo mundo.

Mais que chamar atenção, a porosidade do carvão ativado é o atributo que faz com que ele seja comparado à uma esponja.

Dessa forma, então, o carvão ativado absorve toxinas e filtra agentes danosos.

Nesse contexto, tal material é fundamental para evitar com que o corpo possa, de fato, reabsorver determinadas substâncias tóxicas.

Então, podemos falar que carvão ativado para desintoxicar é uma realidade frequente e, por isso, o produto conta com muitas utilidades.

Utilidades do carvão ativado

Como está diretamente atrelado à questão da desintoxicação, o principal benefício do carvão ativado é esse.

Diante disso, então, ele pode ser uma solução para vários casos: na rotina de skin care por meio da limpeza profunda da pele bem como na remoção de cravos e espinhas.

Mais que nesse ramo de dermocosméticos, o carvão ativado também pode ser um material bem potente para a indústria na hora da remoção de componentes tóxicos

Por conta desse feito, o carvão ativado faz parte da estrutura de filtros de água já que filtra microrganismos danosos.

No setor hospitalar, por sua vez, o carvão ativado é um medicamento que, antes de tudo, de acordo com a bula no site Consulta Remédios, destina-se ao tratamento auxiliar de intoxicações leves.

Mas, além dessa serventia, ele também contribui para descontaminação gastrointestinal.

Sendo assim, carvão ativado para intoxicação faz parte de uma rotina que atende pacientes que sofrem com envenenamentos, overdoses bem como as famosas intoxicações intestinais e hepáticas.

Estas podem ser sentidas após um período intenso de comes e bebes, como o junino.

Carvão ativado para o fígado: é uma boa opção?

O carvão ativado é um material que, segundo o Dr. Juliano Pimentel, ajuda a impedir os danos celulares aos rins bem como ao fígado e sabe por que?

Porque a principal função do carvão ativado é desintoxicar, assim, é um grande aliado do corpo na hora de eliminar toxinas.

Dessa maneira, órgãos como estomago, rins e fígado não ficam sobrecarregados devido às gorduras presentes na alimentação e nas bebidas.

Assim, podemos falar que carvão ativado para o fígado é, sim, uma boa opção. Para isso, o essencial é usar da maneira adequada e saudável.

Como usar carvão ativado para o fígado?

O carvão ativado é, atualmente, encontrado em duas formas: em pó bem como em cápsulas.

Embora tenham suas eficácias comprovadas, a melhor maneira de usar o carvão ativado é ingerindo cápsulas que, segundo o site Tua Saúde, equivale a 1 ou 2.

No entanto, apesar disso, recomendamos que, antes de tomar qualquer cápsula de carvão ativado bem como medicamentos, você consulte-se com um profissional de saúde.

Assim, o profissional te orientará e prescreverá a melhor posologia para sua condição médica.

Além disso, o profissional de saúde também te alertará a possíveis efeitos colaterais que o carvão ativo pode vir a provocar.

Efeitos colaterais do carvão ativado

Sabemos que qualquer medicamento pode gerar reações adversas que devem, sim, serem conhecidas.

Ainda de acordo com o Consulta Remédios, os principais e mais relatados efeitos colaterais do carvão ativado são:

  • Constipação intestinal
  • Desequilíbrio eletrolítico
  • Obstrução intestinal
  • Hipotensão
  • Vômitos
  • Constipação
  • Diarreia

Segundo a bula do medicamento, não há relatos de superdose já que o carvão ativado medicinal não é absorvido pelo corpo.

No entanto, não podemos deixar de alertar que é preciso, sim, seguir as recomendações médicas antes da ingestão de cápsulas ou do pó do carvão ativado.

Ah, para evitar que não haja reações adversas, um dos usos corretos do carvão ativado é ser ingerido apenas para quem o compete.

Nesse caso, então, não envolve pessoas com hipersensibilidade a esse material bem como crianças com diarreia aguda e persistente.

Gostou do nosso artigo?

Já usou carvão ativado para o fígado?

Se sim, o que achou da experiência?

5 receitas de chá com carvão ativado e seus benefícios

Fontes: [1] [2]

FRETE GRÁTIS PARA TODO BRASIL

BIOLENA

Suplemento Carvão Ativado - Horbaach, 780mg, 180 Cápsulas
R$169,99
COMPRAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *